Pseudopapel

Golpe no Ticket Restaurante

cartao-comprovante-ticket-restaurante

Ao almoçar hoje tive uma ingrata surpresa: meu cartão Ticket Restaurante não tinha saldo. Ou melhor, tinha, mas apenas de 23 centavos, hoje insuficientes para comprar mais que um chiclete. Estranhei na hora, pois não só o carregamento feito pela empresa onde trabalho tinha sido feito na semana passada, como eu sabia que eu tinha até mais do que esse carregamento. Acessei o site da Ticket, e constatei que o saldo era, mesmo de 23 centavos. O site também disponibiliza os últimos lançamentos, e o golpe foi revelado: levaram 528 reais do meu Ticket Restaurante! Na foto acima, meu comprovante de um gasto de 8,50 reais em 22 de dezembro traz como saldo disponível 577,23 reais. Na segunda 26 fiz um gasto de 49 reais, que deixou um saldo de 528,23 reais. E ontem alguém fez uma compra no valor exato de 528 reais.

Histórico do meu Ticket Restaurante

Liguei imediatamente para o atendimento telefônico da Ticket, registrando a ocorrência número 205XXXX, de que eu não reconhecia a despesa de 528 reais feita na Genolina Rodrigues Barbosa ME. Eles me informaram também o endereço do “estabelecimento”: Avenida Jardim Japão, 2699, Jardim Japão, na zona norte de São Paulo. Nunca estive por ali. Uma rápida consulta no Google Maps mostra que tal endereço sequer existe: a Avenida Jardim Japão termina por volta do número 1658. Já uma busca no Google por “Genolina Rodrigues Barbosa ME”, entre aspas, não retorna resultado nenhum. Tirando-se o “ME”, um único resultado, a página 31 do Diário Oficial do Estado de São Paulo de 23 de novembro de 2010, com um registro da declaração de enquadramento de microempresa.

Ontem (data da transação de 528 reais) meu cartão ficou o tempo todo comigo e não saiu da carteira. Não passei nem perto do Jardim Japão — na verdade, sequer deixei o Bixiga. Eu não tenho a minha senha anotada em lugar algum, confiando apenas na minha memória. Vale lembrar que no comprovante emitido pela maquininha após uma transação não há nenhum dado meu a não ser pelo saldo restante. Mas, curiosamente, alguém sem o meu cartão e sem a minha senha conseguiu sacar um valor que, provavelmente não por coincidência, era exatamente o meu saldo, excetuando-se os centavos.

Toda a cara de picaretagem, não? Espero que a Ticket perceba isso: eles deram três dias úteis de prazo para investigar. Se estiverem realmente interessados em resolver o problema, vão descredenciar o “estabelecimento” e ressarcir meus créditos. Se não estiverem, vão simplesmente dizer que não há o que ser feito. Mas haverá. Primeiro, esta matéria, que será atualizada de acordo com os desdobramentos. Segundo, farei um BO por estelionato. A conferir se será necessário. O meu caso com o cartão Citibank, similar pelo fato de terem feito um saque sem cartão nem senha, acabou resolvido de maneira satisfatória.

Atualização (30/12, 16h40): Ainda não entraram em contato comigo, mas o crédito já foi devidamente feito no meu cartão. Será que agora, com senha nova, eu posso esperar que não haja mais desdobramentos? Nas últimas horas, apareceram cinco visitas diferentes no site originadas no Google, por meio de pesquisas como “genolina rodrigues barbosa me” e “compra – genolina rodrigues barbosa me”, afinal agora este texto deve ser o único resultado para essas palavras entre aspas. Isso sugere que eu não fui a única vítima do golpe. Espero que os demais também consigam seu dinheiro de volta. Se você tiver conseguido ou não resolver o problema, deixe um comentário abaixo, para compartilharmos o caminho das pedras.

Atualização (7/1, 10h04): Dez dias depois, o número de pessoas que chegaram aqui após uma busca por algo envolvendo a razão social citada acima já alcançou setenta. Torço para que a “empresa” já tenha sido descredenciada da Ticket.

Google Analytics: resultados de buscas com "genolina"

49 comentários

Marcelo da Luz (1)

Alexandre, já faz o BO… dê fé a sua palavra porque infelizmente só assim as empresas se mexem. Desejo sucesso nesse caso.
Abraço!
Marcelo da Luz

29 de dezembro de 2011, 7:22

Alexandre Giesbrecht

Preciso só arrumar tempo, Marcelo. Achei que seria naquela Delegacia de Crimes Virtuais, mas liguei lá e disseram que tem de ser na delegacia do meu bairro, o que certamente fará demorar algum tempo, então tenho de me programar para ir.

29 de dezembro de 2011, 8:48

marcone medeiros (1)

tambem sofri o mesmo golpe fiseram uma compra de $422,00 no meu cartão nesse mesmo estabelecimento.

8 de janeiro de 2012, 15:13

Alexandre Giesbrecht

E no seu caso você conseguiu reaver o crédito, Marcone? Em que dia foi executado o golpe? Você sabe?

8 de janeiro de 2012, 15:17

Paulo Lopes (3)

Boa tarde!!Acabei de tentar usar o meu cartão e só tinha 0,70 centavos..fui verificar e no histórico ..além da GENOLINA…tem mais 2 endereços que não reconheço…valor utilizado R$ 353,00 e R$ 34,00 em Heliópolis e R$ 2,00 no Paraíso….todos no mesmo dia em menos de 90 minutos…Fico menos preocupado…porém indignado pois do dia 29/12 que foi o 1º relato deste post….qtos Cartões não foram passados neste lugar????

12 de janeiro de 2012, 14:17

Alexandre Giesbrecht

Olá, Paulo. Pelo número de buscas que chegam aqui após pesquisa envolvendo a tal “Genolina”, foram muitos cartões: já são 98 buscas desde que o texto foi publicado, isso sem falar nos que ainda não perceberam o golpe e os que não procuraram mais informações na internet. Pelo que estou notando, são sempre valores altos, o que sugere um prévio conhecimento dos saldos. E um prévio conhecimento do saldo sugere que alguém interno da ticket está envolvido. Se eu fosse da empresa, estaria muito preocupado, porque isso vai acabar estourando. As despesas no seu cartão foram recentes? Isso significaria que a Genolina ainda não foi descadastrada, uma grande leviandade se for o caso. Aproveite para colocar os nomes dos outros estabelecimentos como aparecem, para que outras pessoas possam achá-los e compartilhar suas (más) experiências.

12 de janeiro de 2012, 15:27

Paulo Lopes (3)

Vamos lá…as compras ocorreram no dia 10/01….e os outros estabelecimentos são:
TABOKA LANCHONETE R$ 2,00 e
CLEMENTE PEREIRA DA SILVA MERCEARIA M.E. R$ 34,00…me pediram para retornar no dia 17/01..vamos ver..
Valeu pelo retorno….

12 de janeiro de 2012, 17:50

Alexandre Giesbrecht

Três dias úteis. Foi o mesmo prazo que me deram. Mas resolveram antes, no final do dia seguinte, se não me engano. A busca no Google por “Clemente Pereira da Silva Mercearia” traz alguns resultados, inclusive anúncios com endereço, o que pode indicar que o estabelecimento existe, de fato. Não sei se isso é uma coisa boa ou ruim. Essa despesa de R$ 2 é que foge do modus operandi do golpe.

12 de janeiro de 2012, 18:30

M.do Socorro (1)

Olá,infelizmente me deram este golpe e gastaram 165,00 na empresa genolina rodrigues.Eu gostaria de saber de voces onde voces costumam utilizar os cartões porque eu só utilizo no Terraço dos chops e no restaurante itiriki express ambos no bairro da Liberdade ,em São Paulo.

13 de janeiro de 2012, 17:38

Alexandre Giesbrecht

Oi, M. Do Socorro. Eu, pelo menos, nunca estive em nenhum desses lugares, embora tenha gasto eventualmente meu cartão no bairro da Liberdade. Mas ainda acho mais provável que o esquema envolva alguém de dentro da Ticket, pois os valores que têm sido revelados aqui são todos mais altos, o que indica que é alguém de dentro da própria Ticket que tem acesso aos saldos dos cartões e pode escolher apenas aqueles que têm grande saldo.

14 de janeiro de 2012, 9:31

Paulo Lopes (3)

Alexandre, já fizeram o crédito no meu cartão…Agradeço pelo seu blog…pois este deve servir como mediador nesta questão…ou pelo menos com relação ao estabelecimento GENOLINA…espero que todos tenham o mesmo desfecho que o nosso.
Abraços…

16 de janeiro de 2012, 14:51

Alexandre Giesbrecht

Também espero, Paulo. Por isso é importante que as histórias sejam registradas, e aqui por ora é o único lugar, já que a busca por “Genolina Rodrigues Barbosa” no Google segue tendo esta página como único resultado relevante. Assim as pessoas conhecem o caminho das pedras e veem que é simples obter seus créditos de volta. O número de visitas originadas de buscas semelhantes caiu nos últimos dias (total de 105, e não mais que quatro visitas diárias desde quinta-feira passada), o que, espero, signifique que a “empresa” já foi descredenciada. Resta saber qual a nova empresa de fachada que será usada para o golpe.

16 de janeiro de 2012, 15:12

Vinicius Paiva (6)

Cara acabo de ter a mesma ingrata surpresa!! Impressionante!
R$ 292,00 debitados da minha conta, liguei pra Ticket e eles passaram apenas o nome do estabelecimento! Vava Pizzaria, pesquisei no google rapidamente e esta pizzaria é de Tatuapé! Detalhe é que sou de Porto Alegre….. sinceramente só almoço em restaurantes da PUC-RS restaurantes de bom nivel e que provavelmente não estariam com máquinas `Chupa-Cabras` clonando meu cartão.. acredito que o golpe seja muito mais sofisticado e não vai ser uma simples troca de senha que vá ajudar.. ABRE O OLHO TICKET…

Abraço

2 de fevereiro de 2012, 14:44

Vinicius Paiva (6)

Apenas corrigindo o nome do novo estabelecimento golpista agora é Zaza Pizza

COMPRAS – ZAZA PIZZA 01/02/2012 R$ 292,00

Ai é osso viu

2 de fevereiro de 2012, 14:57

Alexandre Giesbrecht

Olá, Vinicius. Eu não acredito que o golpe esteja sendo feito a partir de máquinas “chupa-cabras”, pois, ao menos pelos comentários que têm aparecido aqui, os montantes desviados são sempre altos, o que sugere um prévio conhecimento do saldo disponível dos cartões (estou até com medo agora de deixar o meu cartão com saldo alto). Eu não consegui identificar nenhum padrão entre os comentários aqui. Mas o seu me chamou a atenção por uma coisa. Apesar de eu morar em São Paulo, vou periodicamente a Porto Alegre e costumo almoçar nos restaurantes da PUC-RS. Talvez seja apenas coincidência, até porque nenhum dos demais comentaristas é de Porto Alegre, mas vai saber… De qualquer maneira, acredito que você já tenha entrado em contato com a Ticket. Quanto mais rápido, mais fácil é de solucionar, pois o estabelecimento não terá recebido ainda. Como a sua despesa foi feita ontem, acho que você não deverá ter problemas para ser reembolsado.

2 de fevereiro de 2012, 15:55

Vinicius Paiva (6)

Caramba q sinistro isso… hoje é feriado aqui.. mas amanhã e segunda vou conversar com meus colegas de empresa que almoçam nos mesmos restaurantes praticamente pra verificar se ocorreu algo parecido tbm com eles..

No mais acredito que a ticket restaurant irá ressarcir o prejuizo… eu queria mesmo é descobrir qual é a causa disto para evitar futuros problemas, sempre tomo muito cuidado com cartões de crédito, mas agora ter q cuidar do cartão do ticket restaurant ai é fogo….

Nao fico espantado por terem pego todo o valor.. esses golpistas provavelmente ja estao com os dados do teu cartão a algum tempo.. então aguardam até o inicio do mes para efetuar o golpe (quando a empresa ja depositou o valor)… Com os dados dos nossos cartões em mãos fica fácil saber o dia em que o valor é depositado e o saldo (Atraves do site)… é ta complicado msm..

No mais tomara q esses golpes cessem e prendam os responsaveis

Abraço

2 de fevereiro de 2012, 18:54

Renan Felipe dos Santos (1)

Cara, caí no mesmo golpe. Almoço todo dia aqui nos restaurantes da volta da PUC-RS e acho que realmente tem algum ligação aí. No meu caso o estabelecimento é um tal de Zaza pizza, que fica em Guarulhos, SP!

7 de fevereiro de 2012, 14:02

Alexandre Giesbrecht

Renan, essa Zaza Pizzas é a mesma que o Vinicius citou logo acima. Será que algum dos restaurantes da PUC-RS tem algo a ver com isso? O golpe comigo (que não envolveu a Zaza Pizzas, mas a tal da Genolina) ocorreu justamente uma semana após uma visita minha a Porto Alegre, onde usei meu ticket nos estabelecimentos Palatus Eventos, Intervalo 50 e Ponto Onze Rest e Lanch. Por outro lado, as outras vítimas da Genolina que comentaram aqui não parecem ter nenhuma ligação com a PUC-RS ou mesmo com Porto Alegre.

7 de fevereiro de 2012, 19:59

Vinicius Paiva (6)

Cara isso ta muito sinistro… fiquei sabendo q + 1 colega de empresa caiu no golpe.. com a mesma Zaza Pizzas! Ai tem… Ta ficando muito coincidencia isso! Problema é q nem sei como agir agora… faço um B.O? Paro de almoçar nos restaurantes? complicado isso hein….

7 de fevereiro de 2012, 23:30

Alexandre Giesbrecht

DE fato, estranho. Vou ver se no meu escritório mais alguém achou essa Zaza Pizzas no extrato.

8 de fevereiro de 2012, 6:49

Alan (1)

Pessoal, vocês não almoçaram no R.U. da PUC nos últimos dias? Suspeito que seja ali o problema.

8 de fevereiro de 2012, 9:56

Camila (1)

Sou de porto alegre e também cai no golpe. Só aqui no escritório foram mais de 7 pessoas lesadas, todas com o saldo roubado pela mesma zaza pizzas. Estamos recebendo os créditos de volta, mas a ticket não passa nenhuma informação sobre o que está acontecendo e o que eles estão fazendo quanto a isso.

8 de fevereiro de 2012, 11:08

João Del Nero (2)

Prezados,

Estava no interior de SP desde o final de semana e só voltei a São Paulo hj.
Porem, ontem quando fui utilizar meu cartão não havia saldo.
Conferi meu saldo no site e reparei uma compra na ZAZA PIZZARIA, na segunda feira. Como fizeram sem meu cartão e senha ? Pode ser que haja alguem dentro da empresa TR que seja conivente com isso, pois se trata de CNPJ fantasma, e não é possivel que uma emptresa deste porte credencie sem averiguar o historico destas empresas.
Tb falei com a TR e me disseram o mesmo, que em 3 dias uteis teriam uma solucção.
Espero que tudo seja resolvido.

8 de fevereiro de 2012, 11:59

Vinicius Paiva (6)

Alam, almoço embaixo do RU da PUC! Inclusive suspeito de lá! Pois eles possuem além da máquina tradicional (CIelo, etc) um leitor ligado ao PC que ja utilizei diversas vezes….

Camila você tambem almoça pela PUC?

Abraço!

8 de fevereiro de 2012, 14:41

Vinicius Paiva (6)

O que mais me indiguina é que o golpe ocorreu comigo no dia 2!! Hoje é dia 8 e continuam ocorrendo através do mesmo estabelecimento fantasma! ISSO É UM ABSURDO!

Caiu minha credibilidade total com a Ticket!

8 de fevereiro de 2012, 14:43

Alexandre Giesbrecht

O João aqui acima é o primeiro a relatar um golpe referente à Zaza Pizzas sem ter usado o cartão na PUC-RS. Para mim, ainda acho que é alguém interno na Ticket. Isso explicaria muita coisa, como a facilidade de um estabelecimento aparentemente sem histórico se credenciar e depois começar a receber “compras” de centenas de reais de cada vez (a não ser que alguém lá dentro ingenuamente pense: “Pizza cara, hein?”). Isso só não explica por que tantos usuários da PUC-RS foram lesados. Talvez o melhor a fazer seja um BO, mas, com a Ticket resolvendo, ao menos até aqui, todos os problemas, quem vai querer perder ainda mais tempo e ter ainda mais dor de cabeça para ir a uma delegacia fazer um BO desses, em que se tem pouquíssimos dados? A Ticket é quem teria de fazer isso, se estiver realmente interessada em pegar o(s) funcionário(s) envolvidos na falcatrua. Parece que a tal da Genolina já foi descredenciada (o número de visitas com buscas envolvendo esse nome caiu praticamente a zero nas últimas semanas), e acredito que com a Zaza acontecerá a mesma coisa, se é que não aconteceu: os golpes que as pessoas estão relatando aqui nos comentários são dos últimos dias ou de quase uma semana atrás, como relatou o Vinicius? Refiro-me à data da “compra”, não a quando ela foi descoberta.

8 de fevereiro de 2012, 14:51

Tiago (1)

Coloquem no reclame aqui sobre a ticket … para saber o que foi feito, pois até que se prove o contrário eles tem culpa pela flaha de segurança, seja interna, virtual ou outra … espelhem e verão a empresa se mexendo…

Att,

9 de fevereiro de 2012, 9:41

João Del Nero (2)

Pessoal, bom dia a todos.

Acabei de verificar meu saldo do TR e notei que a empresa me devolveu o valor que me foi roubado.
Espero que eles tenham tomado as devidas providencias, pois com certeza existe alguem internamente fazendo estas pilantragens.
Fiquem de olhos abertos.
Aconselho a todos, pelos duas vezes por mes alterarem suas senhas do TR.

Abs.

9 de fevereiro de 2012, 10:46

Douglas de Freitas (1)

Boa noite, sou de Porto Alegre e minha empresa geralmente deposita o valor de R$ 290,00 mensais para a minha alimentação hoje a tarde fui conferir o extrato e veio a surpresa, todo esse valor foi gasto dia 27/01 na mesma data da entrada desse valor no meu cartão, tudo gasto em uma pizzaria chamada ZAZA.
Liguei para eles e me deram três dias úteis para resolver o problema, acho isso um absurdo e uma falta de respeito com os clientes, estou pensando seriamente em entrar com um processo contra a ticket, espero que eles digam o que aconteceu e que garantam que isso não mais acontecerá.
Abraços

11 de fevereiro de 2012, 2:22

vanessa_matheus (1)

Boa tarde, essa Zaza Pizza roubou dinheiro do ticket do meu marido em janeiro e fevereiro deste ano…primeiro foram $75,46 em 20/01/12, depois $170 em 06/02/12! Quando ele me disse que o ticket dele havia acabado em menos de 10 dias achei estranho, fui verificar o saldo na internet e apontava essa empresa fraudulenta lá!Sacanagem, meu marido passando necessidade pra se alimentar por confiar na ticket que cadastra empresas sem crédito no mercado! Acabei de ver este site e pedi pra ele ligar na Ticket que possui um contato taxado e disse que irá reembolsá-lo em até 3 dias, talvez troque o cartão e busque descadastrar a ladra de benefício alheio! Agradeço as outras pessoas terem também postado outras falcatruas desta empresa (zaza pizza) e lamento que a ticket, com um sistema ineficaz deste, ser responsável por veicular a refeição de tantos trabalhadores como aontece!

16 de fevereiro de 2012, 12:42

Alexandre Giesbrecht

Espero que dê tudo certo, Vanessa.

16 de fevereiro de 2012, 15:09

LUCIANE MENDEL (1)

Aqui no escritório aconteceu com 2 colegas… um no valor de R$ 109,00 e outro de R$ 940,00. Não almoçamos nem próximo a PUC/RS. Acreditamos também que seja golpe de alguém interno da ticket. O estabelecimento que aparece é Reis Lanchonete. Pelo “pai” google é em Marília/SP… é indignante a TR ainda não ter tomado as devidas providências, com o golpe ocorrendo a mais de 2 meses….

2 de março de 2012, 15:27

Alexandre Giesbrecht

Oi, Luciane. Pelo visto, estamos diante de um novo estabelecimento de fachada. Concordo com você que parece mais cara de algo interno da Ticket, até porque, se seguem sendo cadastrados restaurantes fantasmas, é com a conivência de alguém. Está na hora de a Ticket tomar alguma providência pública; certamente será melhor para a imagem da empresa do que simplesmente esperar que ninguém saia divulgando as fraudes que ocorrem. Não é possível que o processo de checagem ainda esteja tão sujeito a fraudes!

3 de março de 2012, 13:06

Fábio F. Oliveira da Silva (7)

Alexandre, aconteceu o mesmo com a minha esposa, porém com o CARTÃO SODEXO ALIMENTAÇÃO, Ela teve o valor exato da recarga (informações preliminares) gastos de uma única vez na CASA DE CARNES SUPER 10. Este débito foi feito dia 06/03, sendo que o cartão está em nosso poder e ela nao saiu de casa nesta data… Já está se tornando praxe isso…

9 de março de 2012, 11:29

Alexandre Giesbrecht

Fábio, na quarta-feira 7 (justamente o dia seguinte ao da fraude no cartão da sua mulher) saiu uma reportagem no Jornal da Tarde englobando especificamente o caso do Sodexo Alimentação (e ignorando o caso do Ticket Restaurante). Talvez te interesse dar uma lida, que eles têm mais detalhes.

9 de março de 2012, 11:37

Elaine (1)

Fábio,infelizmente também ocorreu comigo,acabo de registrar tal ocorrência na Sodexo, e minha colega de trabalho há 15 dias, é increditável ter que passar por isso! Espero que seja resolvido…Alguma ideia de onde fica tal estabelecimento?

11 de março de 2012, 12:23

Alexandre Giesbrecht

Agora que percebi que coloquei errado o link para a matéria do JT. Este é o link correto (mas está corrigido no comentário acima também).

11 de março de 2012, 21:31

Fábio F. Oliveira da Silva (7)

Pois então… Não achei qualquer coisa sobre essa tal Casa de Carnes…
Sobre o caso, ainda, minha esposa ligou na Sodexo, comunicou o fato, e eles disseram que o cartão seria cancelado e um novo seria enviado ao RH da empresa, com os créditos devolvidos. Se não me engano, deram 7 dias de prazo. Assim que tiver novidades, eu posto.

12 de março de 2012, 8:17

Sérgio ikeda (1)

Fabio,acabou de ocorrer comigo, cartão Ticket restaurante, na empresa Well Kitchen. Acho que são maquinas clonadoras. Estou aguardando analise da Ticket

20 de abril de 2012, 20:49

Alexandre Giesbrecht

E a Ticket segue deixando isso ocorrer. Para mim, nada tem a ver com máquinas clonadoras. Tenho certeza que é alguém dentro da Ticket, pois só isso explica tantos cadastros de empresas inexistentes.

20 de abril de 2012, 22:56

Fabio (1)

Essa empresa eles comercializam tickets, eles descontam o valor e pagam em dinheiro pra vc, e descontam 15%.

pelo que eu sei, eles atendem em santo amaro, em cima de uma peixaria.

30 de abril de 2012, 12:28

Felipe Cepriano (2)

Pra quem quiser abrir BO e precisar de mais ifnormações da tal empresa, basta procurar na Junta Comercial de SP…

http://www.jucesponline.sp.gov.br/Pre_Visualiza.aspx?nire=35126479614&idproduto=

1 de maio de 2012, 21:39

Camila Ferreira (1)

Hoje foi descontado R$ 253,71 do meu cartão na empresa Genolina Lanches. Eu só fui no Mc Donalds e numa padaria aqui em São Bernardo do Campo em São Paulo. O pior é que só descobrir que não tinha saldo na faculdade quando fui comprar um lanche. Isso é uma falta de respeito. Estou indignada!

30 de maio de 2012, 23:54

Alexandre Giesbrecht

A Genolina está de volta, com outro nome fantasia, pelo visto. E a Ticket segue cadastrando qualquer “empresa” que aparece.

31 de maio de 2012, 9:34

Cecília (1)

Alguém aí teve débito indevido no estabelecimento “PANIF RAINHA DOS MANANCIAIS”? No meu caso foram 4 débitos com valores inferiores a R$ 50,00. Devo fazer um B.O antes da resposta da Ticket restaurante?

4 de junho de 2012, 16:59

Alexandre Giesbrecht

Olá, Cecília. Ao menos relatado aqui, nenhum registro, mas os picaretas mudam a razão social a toda hora. Embora eu tenha acabado não fazendo o B.O. recomendo fazê-lo.

4 de junho de 2012, 17:20

Fábio F. Oliveira da Silva (7)

Boa noite a todos. Desculpe a demora em retornar (mais de 3 meses… !!!).
Pois então… Lá em 12 de março eu relatei que o Sodexo da minha esposa havia “comprado” carnes numa tal casa de carnes que nem me recordo mais o nome. Relatei também que a Sodexo deu 7 dias para ressarcir o valor.
Pois bem, a Sodexo cumpriu com seu dever e devolveu o crédito.
Entretanto, vale comentar que alguns dias após o caso, havia um comentário lá no hospital em que ela trabalha que mais pessoas havia tido este mesmo problema.
De qualquer forma, a Sodexo devolveu os créditos e está tudo certo, e não houve mais ocorrências desse tipo nem com ela, nem com os colegas de trabalho.

2 de julho de 2012, 21:52

Cleuber (2)

Esta Padaria chamada Primus, fica na Av. Nordestina, 1163 – São Miguel
São Paulo – SP, (11) 2037-5150. sacou um total de 290 reais, estou esperando o retorno da ticket

1 de outubro de 2014, 7:35

Cleuber (2)

Venho informar que a ticket me retornou o dinheiro do meu cartão, antes do prazo de 4 dias.

3 de outubro de 2014, 1:34

Escreva seu comentário

Nome:
Obrigatório.
E-mail:
Obrigatório; não será publicado.
Website:
Comentário:

Busca

RSS

Assine aqui.

Tempo de resposta

84 queries em 1,487 segundos.

Licença

Textos e fotos aqui publicados são liberados em Creative Commons sob a licença Attribution 3.0 Unported. Isso significa que podem ser usados em qualquer projeto, comercial ou não, desde que sejam creditados como "Alexandre Giesbrecht". Um link para cá é bem-vindo, assim como um aviso de que o material foi usado.

Quem?

Alexandre Giesbrecht nasceu em São Paulo, em abril de 1976, e mora no bairro do Bixiga. Publicitário formado pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, é autor do livro São Paulo Campeão Brasileiro 1977 (edição do autor).

Outros projetos

Links